5 de nov de 2011

Veredicto Nº9: Trilogias


por Luiz Santiago


          Fazer um filme e conseguir vendê-lo é a grande preocupação de diretores e produtores de cinema. Uma série de fatores podem atrapalhar o sucesso de uma estréia, e então, todos os envolvidos no projeto perdem muito. Há filmes na história do cinema que gastaram somas astronômicas de dinheiro e foram um sucesso absoluto, já outros, como O Portal do Paraíso (1980), ajudaram a levar um Estúdio à falência e a carreira de um diretor para o patamar dos cineastas malditos.

          Agora, imaginemos que tudo dê certo, o filme seja um sucesso de bilheteria, e que ainda tenha fôlego para uma continuação. Então, dois caminhos se apresentam: ou o Estúdio estabelece uma franquia, com infinitas sequências para aquela marca; ou conta-se a história em três capítulos. Vale dizer que muitas trilogias surgiram sem esse propósito de continuação, e outras, sequer tiveram a nomeação de "trilogia" dada pelo diretor.

     O objeto de análise do Júri de Cinéfilos no mês de Outubro foi justamente esse modelo sequencial do cinema: as trilogias. Dentro do processo de votação, pude observar que algumas indicações pouco conhecidas do grande público, apareciam com alta pontuação, mas com apenas uma ou duas indicações (como por exemplo: a Trilogia de Apu, Trilogia da China Antiga e Trilogia Ovo, Leite e Mel). Sobre este último exemplo, o jurado Marcel Moreno opina:



Esta trilogia é simplesmente maravilhosa. Kaplanoglu consegue em cerca de 4h30min escrever sobre a vida de uma pessoa, com muitos detalhes, e somar com muitos simbolismos quase que toda a vida do personagem. É impossível não ficar encantado com o ovo ou o leite saindo da boca do personagem como mais uma passagem, uma mudança que se segue no curso da vida de um rapaz. Cheio de dúvidas e muita coisa para aprender, Yusuf nos causa muitas sensações com a história de sua vida, em meio as lindas fotografias que dão mais um charme ao filme. E o mais interessante são as longas cenas que você pode se deleitar com a passagem, filosofar sobra a vida do rapaz e tentar entender o que passa em sua cabeça, sem contar quando a câmera foca em um ponto principal e deixa o resto desfocado, mudando a nossa percepção.



          De qualquer forma, alguns consensos se deram na maior parte das listas recebidas, e isso, é claro, está refletido no resultado final. O leitor também pode conferir os textos sobre a trilogia De Volta Para o Futuro, de autoria do nosso jurado Nuno Reis. De minha autoria, temos no arquivo do blog o texto sobre o último filme da Trilogia do Silêncio; e também o texto de abertura da Trilogia dos Bichos, O Pássaro das Plumas de Cristal. Na sequência dessa mesma trilogia, temos o inédito texto de Marcel Moreno sobre O Gato de 9 Caudas.


          Desejamos uma boa leitura a todos!


O VEREDICTO


1º Lugar (146 pontos)

TRILOGIA DO SILÊNCIO

Diretor: Ingmar Bergman
País de origem: Suécia

Através de um Espelho - 1961
Luz de Inverno - 1962
O Silêncio - 1963


2º Lugar (143 pontos)

TRILOGIA O PODEROSO CHEFÃO

Diretor: Francis Ford Coppola
País de origem: Estados Unidos

O Poderoso Chefão - Parte 1 - 1972
O Poderoso Chefão - Parte 2 - 1974
O Poderoso Chefão - Parte 3 - 1990

3º Lugar (141 pontos)

TRILOGIA CLÁSSICA - STAR WARS 

Diretor: George Lucas
País de origem: Estados Unidos

Star Wars - Episódio IV: Uma Nova Esperança - 1977
Star Wars - Episódio V: O Império Contra-ataca - 1980
Star Wars - Episódio VI: O Retorno de Jedi - 1983

4º Lugar (122 pontos)

TRILOGIA O SENHOR DOS ANÉIS

Diretor: Peter Jackson
Países de origem: Nova Zelândia e Estados Unidos

A Sociedade do Anel - 2001
As Duas Torres - 2002
O Retorno do Rei - 2003

5º Lugar (107 pontos)

TRILOGIA DE VOLTA PARA O FUTURO

Diretor: Robert Zemeckis
País de origem: Estados Unidos

De Volta Para o Futuro - 1985
De Volta Para o Futuro - Parte II - 1989
De Volta Para o Futuro - Parte III - 1990

6º Lugar (106 pontos)

TRILOGIA DAS CORES

Diretor: Krzyzstof Kieslowski
Países de origem: Polônia, França e Suíça 

A Liberdade é Azul - 1993
A Igualdade é Branca - 1994
A Fraternidade é Vermelha - 1994

7º Lugar (101 pontos)

TRILOGIA DOS DÓLARES

Diretor: Sergio Leone
País de origem: Itália

Por Um Punhado de Dólares - 1964
Por Uns Dólares a Mais - 1965
Três Homens em Conflito - 1966


8º Lugar (97 pontos)

TRILOGIA TOY STORY

Diretores: John Lasseter, Ash Brannon, Lee Unkrich
País de origem: Estados Unidos


Toy Story - 1995
Toy Story 2 - 1999
Toy Story 3 - 2010


9º Lugar (80 pontos)

TRILOGIA DA INCOMUNICABILIDADE

Diretor: Michelangelo Antonioni
Países de origem: Itália e França


A Aventura - 1959
A Noite - 1960
O Eclipse - 1962


10º Lugar (73 pontos)

TRILOGIA DOS TIRANOS

Diretor: Aleksandr Sokúrov
Países de origem: Rússia e Alemanha


Moloch - 1999
Taurus - 2001
O Sol - 2005



FIM DO VEREDICTO Nº9


REALIZAÇÃO: JÚRI DE CINÉFILOS

Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger