6 de mai de 2011

Especial Raoul Ruiz



Raoul Ruiz

Puerto Montt – Chile, 25 de Julho de 1941 - Paris, 19 de Agosto de 2011


BIOGRAFIA

     Destacando-se nos anos 1980 como um dos cineastas mais interessantes da atualidade, o chileno Raoul Ruiz estabeleceu-se como um cineasta de filmes experimentais, e de forte cunho artístico. Ultrapassando todas as barreiras da cultura cinematográfica de massa, o diretor segue até hoje com obras que trabalham o imaginário, experimentam com o som, a imagem, e reconstroem a percepção do espectador.

     Com uma carreira muitíssimo prolífica, o diretor não se enquadra em qualquer estilo de um cineasta, porque cada uma de suas obras mostra uma faceta de sua concepção artística. Tendo dirigido obras de todo o tipo de gênero, formato, e mídia de reprodução, a versatilidade é um ponto a mais em sua produtiva carreira.

     Ruiz começou sua carreira no teatro de vanguarda chileno, em fins dos anos 1950, tendo escrito (e nunca dirigido) mais de 100 peças em menos de dez anos. Seu interesse por cinema começou na aurora da década de 1960, e em 1968, seu primeiro filme completo, Três Tristes Tigres colocou-o na vanguarda do cinema chileno.

     Esquerdista declarado e tendo apoiado o governo de Salvado Allende, Ruiz foi exilado de seu país com o golpe militar de 1973. Sua estada na França revelou-se muito produtiva artisticamente falando, sendo acompanhada de diversos trabalhos feitos para a televisão europeia. Filmes com imagens fantásticas e histórias fabulosas tornaram-se uma marca pessoal do diretor, embora ele altere quase radicalmente qualquer fixação de um estilo pessoal a cada obra que realiza.

FILMES

Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger