13 de jul de 2011

Do flerte ao filme


por Luiz Santiago


     "Curta-metragem" é um gênero de filme que propõe contar uma história em formato de crônica curta. Se em um longa, o que define um bom resultado é o corte do chamados “tempos mortos”, em um curta, essa deveria ser a atenção principal do realizador, algo que escapa completamente ao realizador de Se Você é o Cara Que Flertava Comigo no Ponto de Ônibus, Veja Esse Filme! (2005).

     O curta mineiro tem uma ideia até que original, e caminha por uma trilha muito delicada, esperando ao menos trazer algo sobre a solidão, a opinião social e de amigos sobre a sua vida pessoal e mesmo sobre o amor. No fim, nada disso vem à tona, apenas uma passagem rápida e superficial sobre os temas, e o filme se conclui, incompleto. Não se perde de todo porque o roteiro consegue agrupar os blocos temáticos até que razoavelmente bem, mas há um vácuo em tudo o que vemos. Duas coisas, no entanto, “matam” definitivamente o trabalho: a narração e a edição totalmente fora de ritmo. Os quadros no estilo split screen no meio da tela é o cúmulo do falso virtuosismo: não significa nada para o filme e só aumenta a estranheza do espectador. As mensagens de voz em uma longa sequência e as entrevistas meio deslocadas no todo parecem perpetuar o amadorismo técnico, e não me refiro à qualidade da imagem, uma vez que existem projetos de curtas filmados por celular com menor qualidade possível.

     A edição, que deveria salvar e dar o tom da obra, não cumpre o seu papel. A narração, por sua vez, deveria ser feita por uma voz menos adolescente, já que a mensagem pretendida pelo diretor está além de uma pegação ou flerte imberbe, dá conta de uma busca mais pessoal que apenas “tesão sexual”. Com um título chamativo e um argumento que se fosse bem trabalhado geraria um trabalho mais aceitável, Se Você é o Cara Que Flertava Comigo... precisaria passar por um novo processo de montagem, narração e refilmagem de algumas cenas para ter o corpo dramático mais bojudo a que se propôs. Assim, nessa forma atual, não rolou.


SE VOCÊ É O CARA QUE FLERTAVA COMIGO NO PONTO DE ÔNIBUS, VEJA ESSE FILME! (Brasil, 2005)
Direção: Thiago Alcântara
Elenco: Gustavo Bones, Gustavo Falabela.


FILME INSATISFATÓRIO. APENAS PARA FÃS INCONDICIONAIS DO GÊNERO.

Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger