29 de mar de 2011

Gnomeu e Julieta



por Laura Tavares Miglio


     “Montéquios” e “Capuletos” são as duas famílias que sempre disputaram poder em Verona Beach. Quando a história envolve gnomos de jardim de cerâmica e jardins floridos, a premissa não poderia ser diferente. Gnomeu e Julieta (2011) funciona como a adaptação bem-humorada e muitíssimo atual da estória clássica e bastante conhecida escrita por William Shakespeare. Aqui, baseia-se na rivalidade entre os Vermelhos e os Azuis, famílias de gnomos separadas por um muro e que tem como pano de fundo uma Rua chamada Verona, na qual estão localizados os dois jardins semeadores da discórdia entre as famílias de cores distintas.

     Gnomeu e Julieta funciona muitíssimo bem, pois utiliza como argumento inteligente uma série de referências espertas a diversos filmes famosos e ao cinema como arte. Depois de Gnomeu apaixonar-se por Julieta, começa a maior parte do entrave do filme, e a partir daí, essas referências começam a ser jogadas em nossa cara: Gnomeu se aprontando para o combate como uma espécie de Rambo, as batalhas de cortadores de grama como em Ben-Hur, os delírios eróticos como em Beleza Americana e a propaganda de um aparador de grama mega-potente e super turbinado, “Terrafirmator”, remetendo-nos sarcasticamente ao Exterminador do Futuro, assim como a paródia ridícula e amplamente difundida em internet, no Brasil, da “Havaianas de Pau”, entre outras.


     São essas referências espertas, o ar de romance, o barulhinho da cerâmica característico e a maravilhosa trilha de Elton John (que também remete ao mundo pop), que fazem da animação um ótimo exemplo de como chamar a atenção para uma história que poderia parecer não ter nada de inovador, mas que se apresenta como uma nova roupagem do clássico e se afirma muito bem, quando a intenção é distrair e fazer rir. Nada de filme para crianças, e sim um ótimo exemplo de animação adulta e inteligente, com referências pulsantes e instigadoras. Sem forçar a barra em nenhum momento, funciona com uma naturalidade cômica peculiar e prende-se no cuidado com os mínimos detalhes, que encanta de uma maneira crescente. Altamente recomendável!


GNOMEU E JULIETA (Gnomeo and Juliet, UK, 2011)
Direção: Kelly Asbury
Elenco (vozes): Julie Walters, Dolly Parton, Ashley Jensen, Matt Lucas, Hulk Hogan, Stephen Merchant, Richard Wilson, Michael Caine, James McAvoy, Emily Blunt, Ozzy.


FILME MUITO BOM. FORTEMENTE RECOMENDADO.

Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger