19 de set de 2010

Star Wars - Episódio III: A Vingança dos Sith



Missão Cumprida


por Adriano Oliveira
Coordenador do site Cine Revista e Crítico de Cinema (ACCIRS).



     Com "Episódio III - A Vingança dos Sith", a saga "Star Wars" se encerra, já deixando saudades. É o fim de uma era, ato derradeiro de um ciclo que se iniciou com o primeiro filme da série, em 1977, responsável por cativar gerações de admiradores no mundo todo.

     No episódio de número quatro se abriu a série. Disto, é possível perceber a ousada genialidade de Lucas: contar uma história do meio para o fim, em uma trilogia, e noutra, narrá-la do início para a metade, encaixando a trama no âmbito geral de modo hermético. O filme-capítulo IV, posteriormente chamado "Uma Nova Esperança", conduzido pelo próprio George, coloca o espectador num turbilhão de imagens, ação e informações que impacta e fascina. Revolucionário em termos de efeitos especiais, tornou-se um marco na história do Cinema.

     Foi com grande expectativa gerada nas platéias que se sucedeu em 1980, "O Império Contra-Ataca", executivamente produzido/escrito por Lucas e dirigido por Irvin Kershner (realizador de "Robocop 2", dez anos depois), tido pela maioria dos fãs como o melhor episódio da saga espacial. Com um visual ainda mais surpreendente do que seu antecessor e uma narrativa diferente deste, mais dark, causou aflição por encerrar de modo pouco convencional (o Mal obtém uma vitória no final do episódio), alimentando uma enorme ansiedade pelo capítulo seguinte.



     Em 1983, sob a condução de Richard Marquand (de "O Buraco da Agulha", eficiente suspense com Donald Sutherland; o diretor faleceu em 1987) e Lucas de novo somente como produtor executivo e roteirista, veio"O Retorno de Jedi", conclusão apenas satisfatória da chamada "primeira trilogia", reunindo as produções de títulos IV, V e VI. Querendo atingir a um público infanto-juvenil, Lucas enquanto roteirista criou situações e personagens ingênuos, contrabalançando desnecessariamente o drama vivido pelo aguardado confronto entre Luke Skywalker e Darth Vader. O roteiro se redime com a chocante revelação de Vader, que faz valer a classificação de"space opera" à obra como um todo.

     Os anos pós-83 se passam, e George, nome consagrado em Hollywood, está mais preocupado em tocar adiante sua empresa de efeitos, a Industrial Light & Magic, localizada em Marin County. No meio da década de 90, surgem rumores sobre a "segunda trilogia", que deveria narrar os fatos iniciais da jornada, anteriores ao ato IV.

     A confirmação vem em 99, com o aguardadíssimo "Episódio I - A Ameaça Fantasma", capaz de reacender o interesse pela cine-série. Apesar de ser acusado de infantilóide, se revelou um excelente prólogo, capitalizando nova geração de admiradores. Aqui, Lucas reassume as rédeas da direção, o que fará doravante nos filmes II e III.

     O esforçado e somente correto capítulo II, "O Ataque dos Clones" (título pouco inspirado), chegou em 2002, mais para realizar uma ponte entre os episódios I e III do que para fazer história.

A peça que completa o quebra-cabeças é o presente "Episódio III", nomeado "A Vingança dos Sith", que amarra todas as pontas soltas entre as duas trilogias e fecha a saga com brilho.


     Este capítulo inicia fulminante, com um combate espacial e o posterior resgate, por parte da dupla de jedis Anakin Skywalker (Hayden Christensen) e Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor), do chanceler Palpatine (Ian McDiarmid), aprisionado pelo Conde Dookan (Christopher Lee, o eterno "Drácula") em meio à guerra que se desenvolve na Galáxia. Na seqüência, o curso da trama acompanha a evolução do drama pessoal de Skywalker, que traz atrelado a si as inevitáveis conseqüências de suas escolhas, entre as quais o fato que todos esperavam ver desde a primeira trilogia: a queda de Anakin para o lado sombrio da Força e a ascensão do Império. O final do episódio é bem construído, apresentando a aguardada luta de sabres de luz entre Obi-Wan e seu ex-aprendiz, então convertido para a outra face da Força, bem como a gênese da impressionantemente assustadora - e clássica nos episódios IV, V e VI - aparência de Darth Vader. O nascimento e ulterior separação de Luke e Leia, filhos de Padmé Amídala (Natalie Portman) e Anakin, prenunciam a cena final, que possui uma visão poética e digna do título do capítulo IV, onde tudo começou aos nossos olhos: "Uma Nova Esperança".



     Mesmo com um roteiro aparentemente modesto e alguns diálogos simplórios, o "Episódio III" fornece temas para reflexão, abrangendo Ética, Moral e Política. Vai mais além, discutindo questões como lealdade e poder. O próprio drama de Anakin, que oscila entre o código Jedi e a ânsia por poder ilimitado e pelo dom da concessão da imortalidade, é uma metáfora ao acontecimento bíblico da Queda de Lúcifer. "Star Wars", a dupla trilogia como um todo, desvela-se como um terreno rico em signos, onde o conflito freudiano pai x filho em "O Retorno de Jedi" e a idéia da "Força" como um conhecimento metafísico superior de conseqüências concretas ao mundo material, que permeia toda a obra, são apenas mais dois exemplos, entre outros aqui localizados, de que também há filosofia, sim, no mais claro cinema comercial hollywoodiano.



     "A Vingança dos Sith" é comparável, em roteiro e qualidade, a "O Império Contra-Ataca", resultando em um maravilhoso esforço de seu produtor/diretor/roteirista para concluir bem sua obra, missão cumprida com louvor. É uma pena que seja realmente o último ato desse universo de fantasia concebido pela criativa mente de Lucas. Enquanto se assiste ao "Episódio III", um misto de satisfação e precoce saudade vai crescentemente invadindo a alma do espectador. Alegria e tristeza juntas. Assim é feita a vida.


Artigo originalmente publicado no Cine Revista.


STAR WARS: EPISÓDIO III - A VINGANÇA DOS SITH (Star Wars: Episode III - Revenge of the Sith, 2005).
Direção: George Lucas.
Elenco: Ewan McGregor, Hayden Christensen, Natalie Portman, Ian McDiarmid, Samuel L. Jackson, Frank Oz, Christopher Lee.


FILME ÓTIMO. É IMPERDÍVEL ASSISTI-LO!


Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger