5 de out de 2010

007 na Mira dos Assassinos


O último Bond de Roger Moore

por Adriano de Oliveira


     Roger Moore, o mais sarcástico entre os intérpretes de James Bond, encerrou sua bem-sucedida participação na cine-série em 1985, com "007 na Mira dos Assassinos", que marcou também a terceira direção de um filme do agente secreto britânico pelas mãos de John Glen (que havia feito anteriormente a este "Somente para Seus Olhos" e "Octopussy", vindo posteriormente a rodar "Com Licença para Matar").

     Desta feita, Bond enfrenta o vilão Max Zorin (Christopher Walken, em boa atuação, como sempre), industrial que opera com microchips de silício e, secretamente, pretende acabar com a indústria americana concorrente sua, localizada em Silicon Valley. Ponto alto é o epílogo da aventura, na cena em que 007 luta com Zorin em um dirigível preso à ponte de San Francisco, passagem que já se tornou antológica.



     Como de praxe, marcam neste tipo de filme os papéis coadjuvantes femininos: temos a assistente de Max, Mayday (Grace Jones), que brilha especialmente na seqüência em que ela foge de Bond na Torre Eiffel, bem como a cativante beleza de uma das mais graciosas bondgirls, Stacey Sutton - papel de Tanya Roberts. Inesquecível também é a canção-título original, interpretada pela banda Duran Duran. Para a trilha sonora incidental de John Barry, que já realizou diversos trabalhos para a série, cabe um destaque.

     Há boas cenas de ação na fita, como a inicial, na Sibéria, e a já citada seqüência final, para gáudio dos bondmaníacos. Ao redor de muito capricho técnico e de cenários, coexistem momentos nada memoráveis, como na cena em Paris, na qual 007 salta de uma ponte ao casco de um navio, caindo sobre um bolo de casamento: é notoriamente claro o uso de um boneco substituindo o personagem carne-e-osso, algo constrangedor.


     


     Porém, nada apaga o brilho de Moore em sua despedida de Bond, com um tom certo nesta sua aventura final. Seu sucessor, Timothy Dalton, não emplacou, e a série ressuscitou por obra do carisma de Pierce Brosnan, que tornou a popularizar o papel de 007.


Artigo originalmente publicado no Cine Revista.

007 NA MIRA DOS ASSASSINOS (A View to a Kill, 1985)
Direção: John Glen.
Elenco: Roger Moore, Christopher Walken, Grace Jones, Tanya Roberts, Patrick Macnee, Walter Gotell, Patrick Bauchau, David Yip, Desmond Llewelyn.


FILME BOM. RECOMENDAMOS ASSISTIR.

Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger