19 de jun de 2011

19 de Junho: Dia do Cinema Brasileiro



por Luiz Santiago


     Apesar de o Brasil não ser um país de cinéfilos e nem de grandes apreciadores do cinema nacional, temos, por falta de um, dois dias em que se comemoram o Dia do Cinema Brasileiro. A data “correta”, reconhecida pelo Ministério da Cultura, é 19 de junho. Neste dia, no ano de 1898, Afonso Segreto retornava da Itália a bordo do navio Brésil trazendo novos equipamentos para registrar o que então chamava-se “vistas”, filmes de pequenas panorâmicas sobre paisagens ou acontecimentos, que vieram com os irmãos Segreto para o Rio de Janeiro um ano antes. Quando o navio de Afonso Segreto adentrava à Baía de Guanabara, o cinegrafista registrou o percurso, e este filme é considerado a primeira produção cinematográfica feita em território nacional. Daí então o Dia do Cinema Brasileiro ser 19 de junho¹.

     A outra data atribuída ao nosso “dia do cinema” é 5 de novembro. Mas aí todas as fontes eletrônicas e duas bibliográficas que consultei, emudecem. Fala-se que este foi o dia da primeira exibição pública de cinema no Brasil. Mas a primeira exibição, de fato, ocorreu em 8 de julho de 1896, e não em novembro. Seja como for, 5 de novembro, sabe-se lá por quê, também é lembrado como dia do cinema nacional.

     Para esta data, preparei a Lista nº7 do Cinebulição, com os meus filmes brasileiros preferidos.



O BANDIDO DA LUZ VERMELHA

Rogério Sganzerla

1968



DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOL

Glauber Rocha

1964



SÃO PAULO, SOCIEDADE ANÔNIMA

Luís Sérgio Person

1965



BANG BANG

Andrea Tonacci

1971



O PAGADOR DE PROMESSAS

Anselmo Duarte

1962



VIDAS SECAS

Nelson Pereira dos Santos

1963



O DRAGÃO DA MALDADE CONTRA O SANTO GUERREIRO

Glauber Rocha
1969



CABRA MARCADO PARA MORRER

Eduardo Coutinho

1984



A HORA E A VEZ DE AUGUSTO MATRAGA

Roberto Santos

1965



LAVOURA ARCAICA

Luiz Fernando Carvalho

2001



ALMA CORSÁRIA

Carlos Reichenbach

1993



CENTRAL DO BRASIL

Walter Salles

1998



SANTIAGO

João Moreira Salles

2007



O CÉU DE SUELY

Karim Aïnouz

2006



ESTAMIRA

Marcos Prado

2004



CIDADE DE DEUS

Fernando Meirelles e Kátia Lund

2002



ABRIL DESPEDAÇADO

Walter Salles

2001



TROPA DE ELITE 2 – O INIMIGO AGORA É OUTRO

José Padilha

2010



NÓS QUE AQUI ESTAMOS, POR VÓS ESPERAMOS

Marcelo Masagão

2000



O HOMEM QUE COPIAVA

Jorge Furtado

2003



LATITUDE ZERO

Toni Venturi

2001



TERRA DEU, TERRA COME

Rodrigo Siqueira

2010



À MEIA-NOITE LEVAREI SUA ALMA

José Mojica Marins

1964



1 – Outras duas “vistas” importantes foram gravadas nos dias 29 de junho e 5 de junho. Na primeira, Segreto registrou as comemorações do 3º aniversário da morte do Mal. Floriano Peixoto, e na segunda, o desembarque do presidente Prudente de Morais e sua comitiva no Arsenal da Marinha do Rio de Janeiro.


Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger